quinta-feira, 31 de março de 2011

Meninos na Fé? Até quando?

Síndrome de Peter Pan: Amadurecimento Cristão!


Essas palavras de Paulo são reveladoras. Ele diz que não devemos ser “como meninos, agitados de um lado para o outro” (Efésios 4.14). Não podemos permanecer crianças pelo resto das nossas vidas. O não crescimento e não desenvolvimento de um bebê é sinal de algum tipo de enfermidade ou anormalidade. Uma criança saudável e normal cresce e se desenvolve. É isso o que Paulo está dizendo aos cristãos. O novo-nascimento não é o bastante. Precisamos crescer, nos tornar maduros e cada vez mais parecidos com Jesus (Efésios 4.13). Deus não nos salvou e arrancou das garras do diabo a fim de que fôssemos crianças para sempre. Deus não planejou e nem deseja que sejamos bebês ou meninos espirituais por toda a nossa peregrinação nessa terra.

Na verdade, o diabo é quem tem esse desejo e projeto. Se ele não consegue nos aprisionar nas trevas, ele tenta nos aprisionar na infância espiritual. Se ele não consegue impedir-nos de encontrar com Deus, ele tentará impedir-nos de crescer em Deus. Se ele não consegue abortar o nosso novo-nascimento, ele tentará abortar o nosso crescimento. Ele trabalhará de todas as maneiras, usará de todos os seus estratagemas, lançará todos os seus dardos inflamados, enviará todos os seus ventos e sugestões para que permaneçamos simplesmente bebês espirituais, gente que não cresce, doentes na alma e no espírito, velhos no corpo e meninos na fé.

Meninos são fáceis de serem agitados e levados de um lado para o outro. Meninos são facilmente manipulados. Basta vir uma onda mais forte, um vento mais furioso, um argumento – aparentemente – mais convincente, um presente mais bem embrulhado, uma recompensa mais imediata, uma palavra mais colorida e os meninos se deixam levar. Os meninos não se levam a si mesmos, mas são levados pelos outros. São carregados por todos os que simplesmente têm a intenção de carregá-los. Não é necessário muito malabarismo para levar as crianças. As crianças são atraídas por tudo o que parece bonito e traz satisfação imediata. Por isso não é difícil fazer com que os meninos troquem os tesouros do amanhã pelas bugigangas do presente, as promessas de Deus pelas promessas do diabo, a Palavra do Senhor pela palavra do homem, a cidadania nos céus pelos prazeres transitórios do pecado.

Por essa razão, o apóstolo Paulo faz uma apelo em prol do crescimento dos cristãos! Não basta ter acontecido o novo nascimento; tem que haver crescimento. Jesus não morreu e ressuscitou simplesmente para salvar o ser humano da morte eterna, mas também para salvar o ser humano de uma infância perene. Jesus morreu, ressuscitou e concedeu dons aos homens para eles crescerem e chegarem “à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo” (Efésios 4.13). Nós não nascemos para não crescer! Pelo contrário, nós nascemos para nos tornarmos adultos! Enquanto o crescimento é normal, o não-crescimento é sinal de anormalidade. Um bebê que nasce e não cresce é um bebê anormal. Pela fragilidade da sua condição, ele precisa de cuidados especiais a fim de não ser levado de um lado para o outro, de uma enfermidade para outra enfermidade, de uma escravidão para outra escravidão.

Nós precisamos crescer! Não podemos permanecer debaixo da Síndrome e maldição de Peter Pan. Não podemos permanecer debaixo da escravidão de Satanás, sendo crianças por toda a nossa vida cristã. Jesus morreu e ressuscitou para nascermos e crescermos, para passarmos pela infância e chegarmos à maturidade. A nossa conversão e o novo nascimento não são o fim, mas apenas o início da nossa salvação. Nascemos de novo para crescermos de novo. Precisamos crescer até nos tornarmos mais parecidos com Cristo. Jesus é o nosso padrão de crescimento. Para sabermos o quanto já crescemos, basta sabermos o quanto parecemos com Jesus. Não basta dizermos que amamos Jesus, mas sim amarmos com Jesus amou, perdoarmos aos outros com Ele perdoou, relacionarmo-nos com o Pai como Ele se relacionou, obedecermos a Deus como Ele obedeceu, entregarmo-nos em favor dos outros como Ele se entregou, servirmos às pessoas como Ele serviu, desapegarmo-nos do mundo como Ele se desapegou, profetizarmos ao mundo como Ele profetizou, andarmos nessa terra como Ele andou.

Autor: Pr. Gustavo Bessa

quarta-feira, 30 de março de 2011

Canibais! Um povo amado por Deus!

Existe um grupo de pessoas que vive no leste da Ásia do Sudeste, cujo nome significa “povo do vale do sol”. Os Ketning são conhecidos por praticar canibalismo, exercício de magia negra, participação em assassinatos por vingança, venerando antepassados e participando de animismo.
No entanto, existem mais de 15 mil Ketning têm uma notável história de transformação, pelo Evangelho, com a ajuda da empresa de sementes.
Os primeiros esforços entre os evangélicos começaram Ketengban em meados dos anos 70. O povo recebeu o primeiro Novo Testamento em 1983. Hoje, cerca de 75% são cristãos, porque a Palavra de Deus tornou-se acessível a eles. Agora, não existem práticas animistas, sincretismo em sua comunidade.
Mas, tornou-se cada vez mais evidente que esses novos cristãos precisam do Antigo Testamento para compreender o contexto do Novo Testamento e se aprofundar no estudo da Palavra de Deus.
Em 2008, os pastores começaram a pedir ajuda na tradução de trechos mais importantes do Velho Testamento. A parceria com ministérios estabeleceu novas instalações para este trabalho.
Como resultado, a equipe completou as partes finais de diversos livros do Velho Testamento, e espera concluir todo o projeto em 2013. Eles também fizeram grandes avanços no culto e terminou recentemente a tradução dos hinos no idioma Ketning.
Não há portas fechadas para o evangelho!
Vamos orar por estes povos que precisam da graça do Pai.
"Deus amou o mundo de tal maneira, que enviou seu filho Unigênito, para que todo aquele que Nêle crê não pereça mas tenha a vida eterna... E esta vida está em Cristo Jesus, nosso Senhor".

Fonte: Overbo / CPAD News / Gospel Prime ” href=”http://www.gospelprime.com.br/”>Gospel Prime

terça-feira, 29 de março de 2011

Leia isto! É tremendo!

Olá irmãos em Cristo,


Gostaria de compartilhar uma grande vitória que recebi do Senhor.
Orei 23 anos por minha familia. Meu pai sempre foi um homem duro e muito difícil, mas o Senhor ouve a oração do justo e faz maravilhas.


Ele está com 67 anos, e o Senhor me disse que ele iria tratar com ele.
No início de março, ele teve uma redução drástica dos batimentos cardíacos. O levei ao hospital com 30 bpm, enquanto o normal é 70.
Foi uma questão de poucas horas até que seu coração teve bloqueio total, o que o levou ao óbito.
Ele disse que se sentiu mal, então os médicos chegaram e ficaram em volta dele. De repente ele se viu fora do seu corpo, vendo os médicos e de cabeça pra baixo. Relatou que sentiu uma força diabólica perto dele, muito perto dele, que queria tomá-lo, então começou a gritar, mas seus gritos de pavor não eram ouvidos. Ele gritou com toda a força, mas ninguém o ouvia, e aquele ser presente, diabólico emanava um ódio que o fez sentir algo que ele nem sabe descrever. "Ele tinha sede de mim! Era ardente o seu ódio!", disse.
Mas, algo, que ele não viu, muito mais forte, o trouxe de volta.
Quando voltou para o seu corpo, ele gritava de horror. Tremia todo.
Os médicos o sedaram e o acalmaram. Disseram que se tratava da falta de oxigênio no cérebro. 
Com certeza, os médicos fizeram tudo o que estava ao alcance deles, inclusive colocaram um marca-passo externo, e ele ficou vivo por um fio, literalmente.
Estas foram as palavras do médico pra mim, na tarde daquele dia: "Não sei como seu pai está vivo. Ele morreu as 8h da manhã. Deu muito trabalho. Foi uma manhã difícil. Sua vida está por um fio. E não podemos dar muitas esperanças"


Mas ele está vivo!!!!


Todos os dias eu estive dentro daquele CTI pregando pra ele, como sempre fiz, e fazendo o apelo.
Deus permitiu que ele passasse por esta experiência porque a oração de um justo pode muito em seus efeitos.
Ele conhece os que são seus. Ele sabe como salvar. Precisamos crer.
Depois desta experiência, ele aceitou a Cristo como seu salvador. E agora tem sede de Deus, o deseja, e o quer conhecer cada dia mais. Nunca vi meu pai chorar, mas agora, é como uma criança.


Sabe qual a outra maravilha do Senhor? Durante o período em que estive com ele naquele hospital, outras vidas foram salvas. Houve culto nas enfermarias, enfermeiros recebendo oração, copeiros alcançando a graça e muitos que ouviram a voz do Senhor. Alguns receberam a oração da fé e tiveram alta. Um deles partiu para o Senhor, pois aceitou a Cristo antes disso.
Passamos por coisas que não esperamos, mas em tudo somos mais que vencedores por meio daquele que nos amou.
Até mesmo os taxistas que peguei algumas vezes não ficaram de fora!
Jesus é lindo!!! E está conosco!!!!
Que vitória!

Não sabemos como, mas se crermos veremos a glória de Deus!
"Credes no Senhor Jesus, e serás salvo, tu e tua casa".
O Senhor fechou esta sepultura de morte, e trouxe vida a minha casa.
Deus ouviu o clamor do meu coração.
E quero te disser amigo, que ele também ouve a sua e salvará ou seus.
Quero oferecer este louvor pra você. Confira! 


 


Deus te abençoe poderosamente! Creia! 
Jesus abençoe sua casa.


    FRASES DE C. H. SPURGEON

"Que seu molho de lã fique na eira da súplica até que seja molhado com orvalho do céu". 
    "A oração em si mesma é uma arte que somente o Espírito Santo pode nos ensinar. Ele é o doador de todas as orações. Rogue pela oração - ore até que consiga orar, ore para ser ajudado a orar e não abandone a oração porque não consegue orar, pois nos momentos em que você acha que não pode, é que realmente está fazendo as melhores orações. Às vezes quando você não sente nenhum tipo de conforto em tuas súplicas e teu coração está quebrantado e abatido, é que realmente está lutando e prevalecendo com o Altíssimo. 
    "Sussurros que não podem ser expressos em palavras são freqüentemente orações que não podem ser recusadas". 
    "Entre dois males, não escolha nenhum". 
    "Há pecado até na nossa santidade, há incredulidade na nossa fé; há ódio no nosso próprio amor; há lama da serpente na mais bela flor do nosso jardim." 
    "Sussurros que não podem ser expressos em palavras são freqüentemente orações que não podem ser recusadas". 
    "Tal qual a cotovia, suas as montanhas para falar com Deus e faça-o cantando". 
    "Todo cristão ou é um missionário ou é um impostor." 
    “A convicção de ignorância é a porta de entrada do templo da sabedoria.” 
    "A lei do Senhor é o pão de cada dia do verdadeiro crente". 
    "A igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade". 
    "Aprenda a dizer não. Será melhor para você do que aprender latim". 
    "A nova Jerusalém deve, do mesmo modo, ser rodeada e protegida por um largo muro de não-conformismo para com o mundo, e de separação dos seus costumes e espírito". 
    "O diabo raramente criou algo mais perspicaz do que sugerir à igreja que sua missão consiste em prover entretenimento para as pessoas, tendo em vista ganhá-las para Cristo". 
    "Hoje em dia ouvimos alguém extrair do seu contexto uma frase isolada na Bíblia e clamar: “Eureka!”, como se tivesse descoberto uma nova verdade; no entanto, não achou um diamante, mas um pedaço de vidro quebrado". 
    "Aqueles que mergulham no mar das aflições trazem pérolas raras para cima". 
    "Quando os membros"A auto-salvação, ou pelo valor pessoal, ou pelo arrependimento, ou por resolução própria, é a esperança inerente da natureza humana, e é muito difícil de ser extirpada". 
    "Nada deveria ser o alvo do pregador a não ser a glória de Deus através da pregação do evangelho da salvação". 
    "Vocês e eu, somos constrangidos a pregar o evangelho, mesmo que nenhuma alma jamais seja convertida por ele; pois o grande propósito do evangelho é a glória de Deus, visto que Deus é glorificado mesmo naqueles que rejeitam o evangelho". 
    "Preguem o evangelho tendo em vista unicamente a glória de Deus, ou então, segurem suas línguas." 
    "A Bíblia fala no tom de voz do próprio Deus". 
    "A Bíblia, toda a Bíblia e nada mais do que a Bíblia, é a religião da igreja de Cristo". 
    "Deus escreve com uma pena que nunca borra, fala com uma língua que nunca erra, age com uma mão que nunca falha". 
    "Se quando eu chegar ao céu o Senhor me disser: "Spurgeon, quero que você pregue por toda a eternidade", responderei: "Senhor, dá-me uma Bíblia - é tudo de que preciso". 
    "Muitos livros em minha biblioteca estão agora desatualizados. Foram bons enquanto eram novos, à semelhança das roupas que usei quando tinha dez anos de idade; mas eu cresci e as deixei para trás. Ninguém jamais deixa para trás as Escrituras por ter crescido; esse livro se amplia e é mais conhecido à medida que passam nossos anos". 
    "Não creia em metade do que você ouve; não repita metade do que crê; quando ouvir uma notícia negativa, divida-a por dois, depois por quatro, e não diga nada acerca do restante dela". 
    "Se um ladrão entrasse no céu sem ser transformado, começaria batendo as carteiras dos anjos". 
    "Em quarenta anos nunca passei quinze minutos acordado sem pensar em Jesus". 
    "Se formos fracos em nossa comunhão com Deus, seremos fracos em tudo". 
    "Muitos homens têm consciência suficiente para temer o pecado, mas não suficiente para salvá-los dele". 
    "A verdadeira conversão dá segurança à pessoa, mas não lhe confere o direito de parar de vigiar". 
    "A verdadeira conversão dá força e santidade ao homem, mas nunca lhe permite vangloriarse". 
    "Quando a Palavra de Deus converte um homem, tira dele seu desespero, mas não seu arrependimento". 
    "Para um homem que vive para Deus nada é secular, tudo é sagrado". 
    "Muitos homens ficam de mãos vazias porque não conhecem a arte de repartir".
    "Ai de nós! Nosso coração é nosso maior inimigo". 
    "Deus deixa depressa sua ira, mas nunca se arrepende do seu amor". 
    "Não há mudanças no amor de Jeová, embora possa haver mudanças na maneira em que ele é manifestado". 
    "Não há nada pequeno em Deus". 
    "A glória da Onipotência é atuar mediante improbabilidades". 
    "Se você vai ou não viver até chegar em casa hoje, depende absolutamente da vontade de Deus". 
    "Os homens, para serem verdadeiramente ganhos, precisam ser ganhos pela verdade". 
    "A espada da justiça não nos ameaça mais, mas a vara da correção paternal ainda está em uso". 
    Isaías diz: "Todas as nossas justiças, como trapo da imundícia". Esta afirmação fez Charles Spurgeon comentar: "Irmãos, se nossas justiças são tão ruins assim, imaginem nossas injustiças!" 
    "Antes de vir à fé, éramos mantidos sob a lei, retidos dentro da fé que depois se revelaria. Por essa causa a lei era nosso aio para conduzir-nos a Cristo, a fim de sermos justificados pela fé. Digo-vos que, ponho de parte a lei, despojastes o evangelho de seu auxiliar mais competente. Tiraste dele o aio que leva os homens a Cristo. Eles nunca aceitarão a Graça sem que tremam perante uma lei justa e santa. Por conseguinte, a lei serve ao mais necessário e bendito propósito, e não deve ser removida do lugar que ocupa". 
    "Uma criança de cinco anos, se ensinada adequadamente, pode crer para a salvação tanto quanto um adulto. Estou convencido de que os convertidos de nossa igreja que se decidiram quando crianças são os melhores crentes. Julgo que são mais numerosos e genuínos do que qualquer outro grupo, são mais constantes, e, ao longo da vida, os mais firmes". 
    Foi C H Spurgeon que disse ao seu filho: “Meu filho, se Deus te chamou para ser missionário, eu ficaria triste ao ver-te ser reduzido a um rei.” 
    “O fato é que muitos gostariam de unir igreja e palco, baralho e oração, danças e ordenanças. Se nos encontramos incapazes de frear essa enxurrada, podemos, ao menos, prevenir os homens quanto à sua existência e suplicar que fujam dela. Quando a antiga fé desaparece e o entusiasmo pelo evangelho é extinto, não é surpresa que as pessoas busquem outras coisas que lhes tragam satisfação. Na falta de pão, se alimentam com cinzas; rejeitando o caminho do Senhor, seguem avidamente pelo caminho da tolice". 
    "Creio que a penitência cheia de pesar ainda existe, apesar de ultimamente não haver ouvido muito dela. Nos nossos dias as pessoas parecem se precipitar rapidamente na fé...Espero que meu velho amigo arrependimento não tenha morrido. Estou desesperadamente enamorado do arrependimento; ele parece ser o irmão gêmeo da fé". 
    "Não entendo muito acerca da fé a olho seco; sei que fui a Cristo pelo caminho da cruz de prantos...Quando fui ao Calvário pela fé, fui com muito choro e súplicas, confessando minhas transgressões e desejando encontrar salvação em Jesus, e em Jesus somente." 
    "Livremente confesso que hoje sinto um pesar mais profundo pelo pecado do que quando aceitei o Salvador há trinta anos atrás. Odeio, hoje, o pecado mais intensamente do que quando estava sob condenação. Há certas coisas que eu não sabia que eram pecado, e agora eu sei que são. Atualmente tenho um sentido mais aguçado da vileza do meu próprio coração do que quando fui a Cristo no começo...". 
    "O pesar pelo pecado é uma chuva perpétua, um banho doce e agradável, que dura toda a vida de um homem verdadeiramente salvo...Ele está sempre pesaroso por haver pecado... não deixa de sentir-se pesaroso até que todo o pecado tenha se ido." 
    "Não dês o coração a todas as palavras ditas – não as leve ao coração ou não lhes dê importância, não atentes para elas, nem procedas como se as tivesse ouvido. Você não pode deter a língua das pessoas; portanto, a melhor coisa é deter os seus próprios ouvidos, e não ligar para o que digam". 
    "Cristo é o grande fato central na história do mundo. Tudo olha para a frente ou para trás a partir dEle. Todas as linhas da história convergem para Ele. Todos os grandes propósitos de Deus culminam nEle. O maior e mais momentoso fato que a história do mundo registra é o fato de seu nascimento". 
    "Meu testemunho é, e penso estar falando por muitos do povo de Deus aqui presentes, que por vir, como alguns de nós fazemos, semanalmente, à Mesa do Senhor, não achamos que com isso o partir do pão tenha perdido seu significado é sempre renovado para nós. Freqüentemente tenho ressaltado nos domingos à noite, qualquer que seja o assunto da pregação, quer o Sinai tenha trovejado sobre nossas cabeças, ou as notas lamentosas do Calvário tenham rasgado nossos corações, sempre parece apropriado comparecer à Ceia do Senhor. É uma vergonha para a igreja cristã ter permitido que a Ceia passasse a ser observada uma vez por mês, manchando assim o primeiro dia da semana por privá-lo de sua glória em reunirmo-nos juntos para comunhão e partir do pão, demonstrando a morte do Senhor até que Ele venha. Aqueles que conhecem a doçura de se celebrar a Sua Ceia a cada Dia do Senhor nunca se contentarão, tenho certeza, em aceitar sua observação em períodos menos frequentes." 
    "Nas ruas de Nínive, Jonas foi ouvido por multidões que jamais teriam sabido da sua existência, se ele tivesse alugado um salão. João Batista, junto ao Jordão, despertou um interesse que nunca teria surgido, se ele tivesse restringido à sinagoga. E aqueles que foram de cidade em cidade proclamando por toda parte a Palavra do Senhor Jesus, nunca teriam transtornado o mundo se tivessem achado necessário limitar-se a igrejas adornadas com o aviso ortodoxo: "O evangelho de graça de Deus será pregado aqui, no próximo domingo à noite, se Deus quiser". 
    "A vocação do orador de praça pública é tão honrosa quanto árdua quanto útil quanto trabalhosa. Somente Deus pode sustenta-lo nela, mas com Ele ao seu lado não terá nada a temer. Se dez mil rebeldes se pusessem diante de você, e uma legião de demônios, você não precisaria tremer. Aquele que está por você á mais do que todos os que estão contra. Amém!" 
    "Para serem pregadores eficazes devem ser teólogos autênticos". 
    Que eu seja sepultado em algum lugar silencioso, onde as folhas caem e os pássaros brincam e onde as gotas de orvalho brilham nos raios de sol; e se acaso tenha que ser escrito algo sobre mim, que seja o seguinte: "Aqui jaz o corpo de um "João Ninguém", esperando pelo surgimento de seu Senhor e Salvador, Jesus Cristo". 
    "Uma inércia espiritual é a nossa inimiga; uma tempestade talvez seja nossa amiga. A controvérsia talvez provoque pensamento, e por meio dele talvez venha a mudança espiritual necessária." 
    "A adversidade santificada aviva nossa sensibilidade espiritual". 
    "Um argumento vivo é invencível". 
    "O divino abençoa o ser humano para que este possa bendizê-lo". 
    "Cuide bem da sua integridade, e Deus cuidará da sua prosperidade". 
    "Batize seu coração em devoção antes de avançar a correnteza dos afazeres diários". 
    "O amor é o uniforme de Cristo". 
    "Quando a Palavra de Deus converte um homem, tira dele o desespero, mas não a capacidade de arrepender-se". 
    "Pecado e inferno estão casados, a não ser que o arrependimento anuncie o divórcio". 
    "Preparem-se, meus jovens amigos, para se tornarem cada vez mais fracos; preparem-se para mergulhar a níveis cada vez mais baixos de auto-estima; preparem-se para a autoaniquilação - e orem para que Deus apresse este processo". 
    "Os pecados secretos, à semelhança de conspiradores secretos, precisam ser expulsos". 
    "O homem que não valoriza o auto-exame pode estar bem certo de que as coisas precisam ser examinadas". 
    "Minha esperança de ser preservado até o fim se baseia no fato de que Jesus Cristo pagou caro demais por mim para deixar-me escapar. Cada crente custa-lhe o sangue do seu coração. Vá ao Getsemani e ouça seus gemidos: depois, aproxime-se e observe o suor de gotas de sangue, e diga-me, ele perderá uma alma em favor de quem sofreu assim? 
    Contemple-o pendurado na cruz, torturado, zombado, carregado com um terrível fardo e então escondido da face de seu Pai pelo eclipse; você acha que ele sofreu tudo aquilo e ainda assim permitir que aqueles em favor de quem suportou isso sejam jogados no inferno? Ele será um perdedor maior que eu se eu viesse a perecer, pois ele perderá o que lhe custou a sua própria vida. Aqui está a sua segurança - você é a porção do Senhor, e sua herança não lhe será roubada". 
    "Novamente, afirmo que desconheço qualquer outra coisa que nos possa humilhar tão profundamente quanto a doutrina bíblica da eleição. Algumas vezes tenho-me deixado cair no chão e tenho ficado prostrado, diante dessa verdade, quando procuro compreendê-la até às suas raízes. Nessas ocasiões, tenho distendido as minhas asas, e, à semelhança de uma águia, tenho alçado vôo na direção do sol. E assim o meu olhar se tem fixado no alvo, e as minhas asas não me têm decepcionado, pelo menos durante algum tempo. Entretanto, quando já fui me avizinhando daquele alvo, e quando aquele pensamento tomou conta de minha mente - "Deus vos escolheu desde o princípio para a salvação" - então senti-me ofuscado diante do seu resplendor, fiquei pasmo diante da grandiosidade desse pensamento; e, desde aquelas alturas imensas, desci a minha alma estonteada, prostrada e quebrantada, dizendo: Senhor, eu nada represento. Eu sou menos do que nada. Por que eu? Por que eu?". 

sexta-feira, 25 de março de 2011

Testemunho Tremendo! Menino arrebatado até ao Céu!

Fantástico! Esta matéria foi publicada no site www.igoospel .com


Livro de menino que relata ter ido ao céu é o fenômeno editorial do ano!

Apenas dois meses antes de completar quatro anos, Colton Burpo, filho de um pastor evangélico de Imperial, Nebraska, foi levado às pressas para uma cirurgia de emergência por causa de uma apendicite.
Após a operação, acordou contando uma história surpreendente: ele morreu e foi para o céu, onde conheceu seu bisavô e personagens bíblicos como Sansão, João Batista e Jesus. Os olhos do Salvador “eram uma espécie de mar azul e pareciam brilhar”, recorda Colton, agora com 11 anos.
Todd Burpo, pai de Colton, transcreveu a experiência do garoto em um livro de 163 páginas, chamado Heaven is for Real [O céu é de verdade]. Este foi o inesperado sucesso do inverno, dominando as listas de best-sellers e vendendo centenas de milhares de cópias.

Thomas Nelson, a editora do livro, afirma ter quebrado seus recordes de vendas com esse lançamento. A tiragem inicial foi de 40.000 exemplares. Desde o lançamento em novembro de 2010, foram mais 22 edições, totalizando mais de 1.5 milhão de cópias. “O Céu é de verdade” chegou a ficar em primeiro lugar na lista dos mais vendidos na categoria não-ficção do New York Times nas últimas semanas. Já foi traduzido em várias línguas e em breve chegará ao Brasil pela subsidiária nacional da Thomas Nelson.

Muito do sucesso do livro é resultado de propaganda boca a boca, já que não teve acesso aos canais geralmente usados por outros best-sellers. Não houve uma grande divulgação do livro, não era fruto de uma editora muito famosa nem seu autor era conhecido. Mas ganhou força com algumas aparições bem colocadas em programas matinais como “Fox & Friends”, “The 700 Club” e CNN.

O livro vendeu muito bem tanto em grandes cadeias americanas de livrarias como a Barnes & Noble, quanto em livrarias voltadas ao público cristão, disse Matt Baugher, vice-presidente editorial da Thomas Nelson. Grandes redes como Wal-Mart, têm promovido bastante o livro em suas lojas, e grandes encomendas de igrejas e ministérios estão chegando constantemente.

“Possivelmente, todos nós estamos desesperados para saber como será do outro lado, quando morrermos”, afirmou Baugher, acrescentando que seu ceticismo inicial sobre a história da família Burpo durou pouco. “Trata-se de uma família muito realista, conservadora, ou seja, uma família normal do Centro-Oeste americano. Ficamos plenamente convencidos de que a história era verídica. Além disso, era uma ótima história, que só iria decolar.”

O livro foi um sucesso imediato em lojas da Barnes & Noble e ficou perto do topo da lista de best-sellers no site bn.com. O funcionário da empresa encarregado da seção de livros religiosos foi um de seus primeiros defensores, mandando cópias para cada loja, disse Patricia Bostelman, vice-presidente de marketing da Barnes & Noble.

“Quando se compra material com o assunto religião, você é apresentado a muitas histórias sobre o céu, a experiências de quase-morte e vida após a morte”, disse Bostelman, lembrando que vários outros livros com o “céu” no título estão vendendo bem nos últimos tempos. “Mas o diferencial deste livro é ser a história de um menino. Isso minimizou algum cinismo que poderia acompanhar a ideia de existir adultos tirando proveito de suas experiências.”

Todd Burpo escreveu o livro com Lynn Vincent, que colaborou com a biografia da ex-candidata a vice-presidente Sarah Palin. Pastor da Igreja Wesleian Crossroads de Imperial, uma comunidade agrícola no sudoeste de Nebraska, Burpo disse em uma entrevista ter recebido algumas críticas por causa disso.

“As pessoas dizem que só fiz isso para ganhar dinheiro, mas não é verdade”, disse ele, referindo-se a comentários anônimos sobre o livro postados online. “Não estávamos esperando nada. Estávamos apenas esperando que pudesse atingir seu objetivo”. Afirmou ainda que pretende doar parte dos lucros de royalties e investir alguma coisa em melhorias da casa da família.
No início, ele e Sonja, sua esposa, não tinham plena certeza se poderiam acreditar na história do filho, que foi contada aos pedaços, ao longo de anos após sua repentina doença e cirurgia, em 2003. Mas os detalhes os conveceram, diz Todd. Colton disse aos pais que conheceu sua irmã mais nova no paraíso, descrevendo-a como uma garota de cabelos negros que lembrava Cassie, sua irmã mais velha que vive com eles. Quando os pais o questionaram sobre isso, ele respondeu: “Mãe, você teve um bebê que morreu em sua barriga, não é?” Embora Sonja tivesse sofrido um aborto espontâneo muitos anos antes, eles não contaram a Colton sobre isso. “Não há como ele pudesse saber disso”, afirma o pai.

Eles dizem ainda que Colton descreveu detalhadamente as imagens que viu no céu – como chagas sangrentas nas mãos de Jesus – algo que nunca fora mostrado a ele. Eventualmente, os pais decidiram contar a história fora de sua cidade. Em suas pregações de domingo, o pastor Todd já havia feito partes do relato para sua congregação. Por intermédio de um pastor amigo, a família conheceu Joel Kneedler, agente literário da Alive Communications, empresa cristã de Colorado Springs. Kneedler vendeu o livro para a Thomas Nelson, editora conhecida por títulos cristãos como “40 Dias com Jesus”, de Sarah Young. O adiantamento foi bem abaixo do normal.

Greg Sato, gerente de uma loja da Livraria Barbara’s, na área de Chicago, afirma que a procura cresceu a partir de fevereiro. ”Entre os livros de não-ficção, ultimamente parece ser este o que as pessoas têm mais procurado. Eu o coloquei na mesma categoria que ‘As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu’ e ‘A Cabana’. São livros um pouco mais religiosos ou espirituais”, afirma Sato.

Colton, o menino louro de rosto redondo que aparece na capa do livro, toca piano e trompete, é fascinado pela mitologia grega, ouve rock cristão e é fã do time de futebol americano da Universidade de Nebraska.

Contando sua história com naturalidade, Colton diz estar satisfeito que as pessoas achem sua história inspiradora. “As pessoas estão sendo abençoadas, e vão receber a cura de suas feridas”, disse ele. “Estou feliz por isso.”/livrosepessoas/igoospel

quinta-feira, 24 de março de 2011

segunda-feira, 21 de março de 2011

Sobre o Cinturão de Fogo, um povo sofrido, forte, capaz de recomeçar, mas carente da Graça do Pai!

Japão, Terra que arde no Coração de Deus!
Todos sabemos o que aconteceu com o povo japonês a alguns dias. Eis aqui um vídeo com algumas fotos dessa tragédia:


Sabemos que a vinda de Jesus está próxima!
Vamos orar por nossos irmãos e por este povo, que apesar de forte e corajoso, sofre com esta catástrofe.
Vamos orar por uma maior abertura da Palavra de Deus neste país, por vocacionados que se entreguem de coração a este serviço, por obreiros fiéis na seara, por portas abertas nesta Terra de Fogo que o Espírito Santo bem conhece e ama também. Vamos orar por intercessores sinceros, que movam o trono de Deus com seu clamor, por jovens, que certos de que são como flechas nas mãos do Valente, não terão medo em seguir avante e confiante, sabendo de quem ouviram as promessas. Vamos orar por líderes de visão que entendam isso, e consigam ver além do que os olhos possam ver. Vamos orar por melhores governos, para que o Evangelho encontre fronteiras mais abertas para si. Oremos por um povo de coração voluntário que se comprometa com a obra missionária mais do que com seus próprios deleites.

Vale à pena relembrar um vídeo de missões produzido pela Junta de Missões Mundiais, na Campanha de 2008, sobre o Japão... Este povo mora no coração de Deus!




Segue mais algumas cenas deste dia terrível:
Este mostra o momento em que uma onda gigante invade o litoral, as casas parecem de brinquedo, os navios também, um trem é arrastado, e um carro para sobre o telhado de uma casa, veja:

 
  

  

Aqui, o aeroporto fica indefeso:


Nosso país nunca registrou estes fenômenos, mas não estamos totalmente livres deles.
Jesus está voltando, e sabendo que tudo isso é apenas o princípio de dores.
Soube de alguns missionários que estavam lá com suas familias: eles sobreviveram, nada sofreram.

Veja isso: Os prédios parecem de brinquedo!


"Grande é o Senhor, e mui digno de louvor e mais tremendo que todos os deuses"