quarta-feira, 18 de maio de 2011

Grande Livramento! Terremotos na Espanha!

Os Missionários não foram atingidos!
Por Ailton Figueiredo 11 de maio de 2011


Aconteceram em Lorca/Múrcia, na tarde de quarta-feira (11), dois terremotos: o primeiro tremor ocorreu por volta das 17h (horário local, 12h em Brasília) e o segundo ocorreu duas horas mais tarde. Pelo menos 8 pessoas morreram. Além disso, dezenas ficaram feridas em consequência de um sismo, de magnitude 5,2, precedido por um terremoto de 4,5. Este foi o pior incidente do tipo ocorrido nos últimos 30 anos na Espanha.

Milhares de pessoas acordaram nesta quinta-feira ainda espantadas na cidade de Lorca (sudeste da Espanha), depois de passar a noite ao relento em consequência do terremoto de 5.2 na escala Richter que deixou oito mortos e dezenas de feridos, enquanto os serviços de emergência limpavam as ruas e retiravam os destroços. Os mortos - cinco homens, um deles menor de idade, e três mulheres - já foram identificados. Segundo a prefeitura, as autoridades acreditam que este é o balanço definitivo, já que não recebeu alertas de desaparecidos.

O epicentro foi localizado na Serra de Tercia da cidade de Múrcia. O sismo causou mais estragos entre cinco e 10 quilômetros a nordeste da cidade, perto da estrada de Múrcia. O terremoto foi sentido fortemente em várias aldeias da região, incluindo a capital, Mazarron Cartagena e Aguilas. O que foi observado também em outras províncias como Almería, Albacete e Madrid. 

Muitos moradores permanecem nas ruas com medo de novos deslizamentos de terra. Houve rachaduras em edifícios e o povo está nas ruas. Os telefones não funcionam. A torre do sino e o telhado da igreja Virgen de las Huertas caíram, além de danos ao castelo histórico de Lorca. Houve rachaduras em estradas e viadutos. Por isso, pede-se cautela aos motoristas para evitar novas vítimas. O túnel do A-7 em direção a Andaluzia desabou com alguns veículos; o Governo já mobilizou a Unidade Militar de Emergências para os primeiros socorros às vítimas.

Graças a Deus, nossos missionários no país estão em segurança. Missões Mundiais não mantém missionários naquela região. Pedimos aos irmãos que orem a Deus para que proteja o povo espanhol de danos maiores. E que o Espírito Santo console os corações dos que perderam seus entes queridos.

Com informações de Javier Ruiz (correspondente do diário “El Pais”, em Múrcia, Espanha).



Fonte: JMM News
www.jmm.org.br

terça-feira, 3 de maio de 2011

Oriente Médio - Sheik recebe a Jesus como Salvador

Sheik recebe a Jesus como Salvador!


Um dos missionários da terra, apoiados por Missões Mundiais em um dos países daquela região, trabalha numa vila do interior e relatou a conversão de um Sheik. A conversão pegou a todos de surpresa e até mesmo um grupo de terroristas ameaçou de morte o pastor e o Sheik.
O missionário contou que, há alguns anos, o Sheik, líder muçulmano daquela vila, fez-lhe uma visita com outros 17 seguidores, e participou de um culto em sua igreja. Ao final da programação, aquele homem perguntou se poderia, dentro de dois dias, reunir-se com ele. Mas o Sheik não apareceu. No sábado, o missionário e sua esposa saíram para uma visita quando um membro da igreja telefonou pedindo que ele fosse à igreja imediatamente, pois o Sheik exigia vê-lo.
Ele retornou e viu aquele homem, antes de aparência fechada, agora sorridente e feliz. "No início não entendi nada, mas as explicações daquele homem logo esclareceram tudo. Ele sonhou com um homem e exigiu que visse o seu rosto. Mas ele recusou e disse que o pastor lhe diria quem ele era", disse o obreiro da terra. Naquela mesma noite igreja, o Sheik aceitou a Cristo como seu Salvador. Ele participou de todos os cultos e fez o discipulado. Mas, depois de alguns meses, sumiu. O pastor decidiu visitá-lo, mas o Sheik disse que, mesmo convertido, era muito perigoso continuar próximo dele pois corria risco de morte; seu carro estava na lista de um grupo terrorista.
"Embora sirvamos em uma área do mundo que é difícil, somos gratos por servir a Deus, que é fiel e providencia tudo o que necessitamos", finalizou o missionário.


Vamos orar pelo Sheik e pelo missionário de Deus.
Deus pode todas as coisas, e abre portas que nós nem imaginamos.


Li este testemunho na revista "A Colheita" - Revista do Programa Adoção Missionária - PAM
Da Junta de Missões Mundiais.


"De certo que as aflições deste tempo presente não são para se comparar com a glória que em nós há de ser revelada".


Firmes e constantes, como bom soldados de Cristo, oremos por nossos irmãos!
Pois sabemos de quem temos ouvido as promessas.